Cantor, que apresenta nesta sexta (13) o projeto '40tena', faz críticas ao uso de tecnologia para a construção de artistas de sucesso no Brasil

'Há muita mentira no mundo da música', revela Eduardo Costa

Eduardo Costa é categórico ao afirmar que 40tena, DVD que chega às principais plataformas digitais nesta sexta-feira (13), é o "melhor trabalho" feito por ele ao longo de toda a carreira. "Não tem mentira, não tem efeito. O que eu toquei ali foi eu que toquei. Aqui na minha casa. Tudo foi eu. Ele foi 100% eu."

O novo projeto é resultado de pouco mais de 200 dias de produção, de uma ideia que nasceu ainda em março — início da implantação de importantes políticas de isolamento social no Brasil. Ao longo do período, o músico aproveitou para gravar e compartilhar uma série de vídeos cantando e tocando grandes sucessos.
Durante os últimos meses, ao todo, foram mais de 80 canções registradas ns redes sociais. Segundo Costa, as músicas foram selecionadas de forma "improvisada", em minutos antes de cada gravação. Ele, no entanto, ressalta que não abriu mão da qualidade na hora de capturar som e imagem.

"Só que eu não queria publicar pelo celular. Queria fazer uma coisa mais ajeitada. Já que eu faria uma coisa para levar música para público, não é porque seria de graça que eu faria de qualquer jeito. Eu falei: ‘Vou fazer um negócio top’", explica o artista, que tocou todos os instrumentos que aparecem no DVD.
Se por um lado Eduardo Costa se orgulha em ter feito um trabalho "real", gravado em sua casa, por outro, o artista é direto ao criticar as "muitas mentiras" no mundo da música. Para o sertanejo, a tecnologia tem transformado cada vez pessoas sem talento algum em "cantores."
"Há muita mentira. Com o excesso de tecnologia, transformar um cara que nunca cantou em artista é muito fácil. Você pode ir à esquina, achar um cara bonitinho e fazer ele cantar. Os equipamentos hoje conseguem afinar a sua voz. Tem frases que você não fala na música e conseguem colocar. Hoje, você não precisa mais de talento. 90% de muitos artistas que estão cantando por aí são assim", completou.

Veja também: Eduardo Costa fala de rompimento com Leonardo

No entanto, o cantor se mostra seguro quanto a ideia de que "esses artistas", que ele não citou nomes, têm prazo de validade dentro do cenário musicial. "Eles não conseguem se manter. A internet tem essa magia. Ela dá o boom e desmancha a carreira com a mesma velocidade. Você vê artistas que estão há cinco anos fazendo sucesso, vivendo disso".

Fonte: R7 - Ricardo Pedro Cruz, do R7

Outras Notícias

Como ativar a nova função do WhatsApp?

Como ativar a nova função do WhatsApp? O aplicativo de mensagens WhatsApp lançou ontem uma nova função que permite en...

Só quem era viciado em Orkut vai gabaritar este teste

O Orkut foi lançado no dia 24 de janeiro de 2004 e se tornou uma febre entre os brasileiros da década de 2000. No ent...

'Suco natural de frutas engorda?', 'posso tomar todo dia?': veja dúvidas comuns sobre o consumo saudável

Nos últimos anos, o suco natural de frutas passou de amado a vilão em algumas dietas, levantando questões como: "poss...